Parafusos da Linha Dry Wall, Cabeça Trombeta, Cabeça Flangeada, Ponta Agulha, Ponta Broca, Cabeça Panela Dentada, Parafuso Auto Perfurante - Parafuso Máquina Fenda Simples Cabeça Redonda, Parafuso Máquina Fenda Simples Cabeça Chata, Parafuso Máquina Fenda Combinada Cabeça Oval, Parafuso Máquina Fenda Simples Cabeca Lentilha, Parafuso Máquina Métrico Fenda Simples Cabeça Cilíndrica, Parafuso Máquina Métrico Fenda Simples Cabeça Chata, Parafuso Máquina Métrico Fenda Phillips com Cabeça Panela ou Cabeça Chata
clientes empresa fale conosco histórico produtos tabelas links

Parafuso

home  Página Inicial   

     
 

 O Parafuso é um eixo com um sulco ou uma linha helicoidal dado forma em sua superfície. Seus usos principais são como um prendedor que engata os objetos, pode também ser definida como um plano inclinado envolvido em torno de um eixo. Apesar destes componentes estarem presentes em quase todos aparelhos do nosso cotidiano, quase sempre passam desapercebidos.

Historia do parafuso

Na antiguidade, o matemático grego Archytas of Tarentum (428 - 350 aC.) foi responsavel pela invenção do parafuso. No 1o século aC., os parafusos de madeira foram usados em todo o mundo Mediterrâneo em dispositivos como prensas de óleo e de vinho. Arquimedes ( 287 AC – 212 AC) desenvolveu o princípio da rosca e utilizou-o para a construção de dispositivos para a elevação de água na irrigação. Os romanos aplicaram o princípio de Arquimedes para conduzir material em minas. Também existem evidências de que componentes parafusados foram aplicados em instrumentos cirúrgicos em 79 AC. Os parafusos de metal só apareceram na Europa apartir do ano de 1400. O primeiro documento impresso sobre parafusos consta num livro do começo do século XV. Mais tarde, no mesmo século, Johann Gutenberg incluiu parafusos entre os fixadores na sua impressora. Os cadernos de Leonardo Da Vinci, do fim do século XV e começo do século XVI, incluem vários desenhos de máquinas para fabricar parafusos, mas a primeira máquina concreta para este propósito foi inventada em 1568 por Jacques Besson, um matemático francês. Pelos fins do século XVII, os parafusos já eram componentes comuns nas armas de fogo. O britânico Henry Maudslay patenteou o parafuso de fenda em 1797; um dispositivo similar foi patenteado por David Wilkinson nos Estados Unidos no ano seguinte. Na atualidade o parafuso esta presente em praticamente todos os aparelhos e estruturas contruidos pelo homem.

Parafuso
Um parafuso usado como um prendedor consiste em um eixo, que possa ser cilíndrico ou cônico, e em uma cabeça. O eixo tem um cume ou uma linha helicoidal dado a forma nele. A linha acopla-se com uma hélice complementar no material. O material pode ser manufaturado com a hélice de acoplamento (batida), ou o parafuso pode criá-la quando dirigido primeiramente dentro (um parafuso self-tapping). Á cabeça é dada uma forma especial para permitir que uma chave de fenda ou philips prenda o parafuso ao dirigi-lo para dentro do material. Também para o parafuso passar a direita através do material que está sendo prendido e fornece a compressão.
Os parafusos podem normalmente ser removidos e reintroduzidos sem reduzir sua eficácia. Têm um poder de fixação maior do que pregos e permitem a desmontagem e reusar. Um parafuso que seja apertado girando a no sentido horário é dito ter uma linha right-hand . Os parafusos com linhas da mão esquerda são usados em casos excepcionais.
( Exemplo: Na ponta do eixo de motores girando no sentido horário, manivelas/pedivelas - lado esquerdo etc. O sentido da rotação do eixo, seja apertar o parafuso. ) '

Quando os parafusos não podem ser usados, pregar , rebitar , pinos de mola , soldando , e colando são algumas as alternativas.

Materiais e força

Os parafusos são feitos em uma larga gama de materiais, com muitas variedades de aço que são talvez os mais comuns. Onde a grande resistência ao tempo e a corrosão é requerida, o aço inoxidável, o titânio , o bronze. Alguns tipos de plástico, tais como o nylon ou Teflon, podem ser aplicados para uma sustentação que requer uma força moderada e grande resistência à corrosão ou isolação elétrica. Mesmo a porcelana e o vidro podem ser moldados as linhas de parafusos que são usadas nas aplicações tais como isoladores elétricos.
O mesmo tipo de parafuso pode ser feito em muitas classes diferentes do material. Para aplicações críticas de elevada tensão/força, onde os parafusos de baixa qualidade podem falhar, tendo por resultado danos ou ferimento. Nos parafusos SAE, um teste padrão distintivo do funcionamento é imprimido nas cabeças para permitir a inspeção e o validação da força do parafuso. Tais parafusos inferiores são um perigo à vida e à propriedade quando usados em aviões, automóveis, caminhões pesados, e aplicações críticas similares.
Confeccionado com materiais especiais, é utilizado também na medicina como ancoragem em próteses cirúrgicos e corretivas. Nas edificações em aço ou alvenaria  são amplamente utilizados para fixações de todas as instalações de elétricas e hidráulicas  

Modernos parafusos tem grande variedade das cabeças, cada uma requer um tipo diferente da ferramenta para apertá-los ou extraí-los.  Entalhado, Phillips, Pozidrive,  Torx,  Hex, Allen,  Robertson,  Tri-Asa,  Torq-Ajustou-se,  Chave de Boca, Quadrado, Sextavado etc.

Parafusos HI-LO
Parafusos de dupla rosca, sendo uma alta com 30 graus e outra baixa com 60 graus. Desenvolvido para aplicação em materiais de baixa densidade como : plásticos, madeiras, aglomerados, fibro cimentos, gesso, etc. Seu design facilita a penetração, abrindo rosca com baixo torque de aplicação, evitando produzir trincas e deformações em torno da furação. Característica que proporciona grande resistência ao arrancamento e ao espanamento.

Parafusos Auto-Perfurantes
Parafuso auto-perfurante atarraxante, específico para fixação em chapas de aço carbono, capaz de abrir seu próprio furo e rosca, proporcionando um grande ganho de tempo na aplicação, bem como redução do custo final da aplicação, pois elimina os custos, operacionais de pré furação.

Parafusos Auto Extrudantes  
Parafuso auto-extrudante capaz de extrudar o furo, criando um repuxo e fazer rosca no mesmo, aumentando o número de fios de rosca em contato no furo das chapas finas de até 1,00mm de espessura.(Evita que espane a rosca permitindo cargas maiores.)

Ferramentas de parafusos

A ferramenta de mão usada para dirigir a maioria dos parafusos são chamadas de chave de fenda.
 ( Fenda Simples,  Fenda Cruzada(Phillips) Sextavado interno(Allen), Sixlobulares interno(Torx) ).
A ferramenta da mão para dirigir os parafusos de tampão e os outros tipos é chamada uma chave de boca.
 (uso BRITÂNICO Chaves Sextavado, Chave Estrela, Chave de Boca, Chave Fixa Cachimbos Estrela ou Sextavado)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre + Internet